Contee lança campanha ‘Apagar o professor é apagar o futuro’ no FSM 2018

A Contee faz hoje, às 14h, o lançamento da Campanha Nacional contra a Desprofissionalização do Professor, “Apagar o professor é a apagar o futuro”, dentro da programação do Fórum Social Mundial (FSM) 2018, em Salvador. A atividade será na Sala 304 do Pavilhão Glauber Rocha (PAF III), no campus de Ondina da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Ontem (13), a coordenadora da Secretariaria de Assuntos Educacionais da Contee, Adércia Bezerra Hostin dos Santos, o coordenador da Secretaria de Previdência, Aposentados e Pensionistas, Ademar Sgarbossa, a coordenadora da Secretaria de Defesa de Direitos de Gênero e LGBTT, Gisele Vargas, o coordenador da Secretaria de Políticas Sindicais, Manoel Henrique da Silva Filho, e a diretora da Plena Cristina Castro, além de diversos diretores das entidades da base da Confederação, participaram da Marcha de Abertura do FSM. Após sair do Campo Grande, por volta das 16h30, a marcha passou pela Avenida Sete até chegar a Praça Castro Alves, onde apresentações culturais e performances artísticas também marcaram a mobilização.

O FSM segue até o próximo sábado (17) e, com mais de 1.500 coletivos, organizações e entidades cadastradas, e em torno de 1.300 atividades autogestionadas inscritas, reunirá representantes de entidades de países como Canadá, Marrocos, Finlândia, França, Alemanha, Tunísia, Guiné, Senegal, além de países sul-americanos e representações nacionais.

Por Táscia Souza, com informações da Rede Brasil Atual

Fonte: Contee